HOSPITAL DA BAHIA INICIA PÓS-GRADUAÇÃO EM CARDIOLOGIA

PROGRAMA DE RESIDÊNCIA EM CARDIOLOGIA COMEÇA EM 2015

O Hospital da Bahia dá mais um passo a caminho da excelência com a divulgação do início do programa de Residência Médica em Cardiologia. Os médicos serão selecionados a partir do concurso unificado de seleção promovido pelo CEREM BAHIA/SUS.

Os residentes de cardiologia do Hospital da Bahia integrarão um dos serviços de cardiologia mais completos da Bahia e serão apoiados pelo Instituto de Ensino e Pesquisa da Instituição (IEP-HBA). O Centro de Cardiologia do Hospital da Bahia é composto pela Unidade de Emergência especializada, Unidade de Terapia Intensiva em Cardiologia, ambulatórios de cardiologia geral e de especialidades, laboratório de hemodinâmica, métodos gráficos, medicina nuclear, ressonância cardíaca, angiotomografia de artérias coronárias, entre outros.

A partir de 2015, o Hospital da Bahia passará a oferecer vagas de residência médica em cardiologia, credenciados pela Comissão Nacional de Residência Médica – CNRM/MEC. De acordo com o coordenador da residência médica do Hospital da Bahia Samir Dracoulakis, o programa, com duração de dois anos, terá duas vagas no primeiro ano e início em 1º de março de 2015 já aprovado pelo MEC. A supervisão do programa será realizada pela cardiologista Marianna Andrade que reforça: “A implementação do programa de residência médica em cardiologia representa o reconhecimento da consolidação do nosso serviço. Sairemos todos vitoriosos: os residentes, por frequentarem um serviço completo com todas as possibilidades para adequado diagnóstico e tratamento, além do suporte científico que o IEP-HBA irá oferecer; e ganhará também o Hospital da Bahia, pela elevação da qualidade do serviço que um programa de residência médica traz para qualquer instituição.”

O diretor do Centro de Cardiologia e Superintendente do Hospital da Bahia, Jadelson Andrade, afirma que, com a implantação da Pós-Graduação em Cardiologia e o inicio das atividades da residência médica a instituição consolida a posição do hospital de ser referência em cardiologia na Bahia e no Brasil.

O Superintendente executivo do Hospital da Bahia, Marcelo Zollinger, considera este fato como um relevante passo da instituição atendendo ao que foi planejado para que o Hospital da Bahia consolide o estigma de ser um hospital cada dia melhor!

Postagens Recentes