Hospital da Bahia apresenta equipe do novo Serviço de Radioterapia

Dando continuidade ao seu processo cada vez mais avançado de expansão e ampliação dos seus serviços, e no cuidado com seus pacientes, a diretoria do Hospital da Bahia (HBA) apresentou  nesta terça-feira (05), em evento muito concorrido com a presença do corpo clínico e diretivo da instituição, a equipe que vai comandar o novo Centro de Radioterapia do hospital, que estará em operação até o final do ano.
Na abertura do evento, realizado, no auditório Jorge Torreão, o superintendente  executivo e também cirurgião bariátrico, Marcelo Zollinger, reforçou a importância deste Centro de referência em radioterapia para o País.

 “É um projeto que já nasce altamente diferenciado pelo investimento no que há de mais avançado em tecnologia em aceleradores lineares. Desta forma estabeleceu-se um alto patamar de exigência para o nível de qualidade dos profissionais para um projeto de tamanha envergadura e responsabilidade. Escolhemos o que havia de melhor no mercado nacional e com muito esforço trouxemos a Dra. Elisa Saito, radioterapeuta de excelência, detentora de conceito, visibilidade e com vasta experiência na área para coordenar o projeto e o Wagner Paniago que estará a frente do projeto de Física Médica do novo Centro”, salientou  Marcelo Zollinger.

O novo Centro conta com a operacionalidade e alta tecnologia do equipamento Ultra Versa HD da Electa, e o Hospital da Bahia visando sempre qualificar sua assistência, teve a coragem de realizar um vultoso investimento objetivando este imenso diferencial terapêutico e operacional proporcionado aos pacientes por este equipamento.

“O altíssimo investimento no equipamento Ultra Versa HD da Electa, e a contratação desta qualificada equipe, é uma maneira muito própria do Hospital da Bahia enxergar a assistência integrada a saúde na área de oncologia, um dos principais focos da instituição e é sem sombras de dúvidas um grande presente que o Hospital da Bahia entrega para todo mercado de saúde do Brasil. Este centro  vem consolidar definitivamente a medicina da Bahia, como uma das mais avançadas e competitivas do País”, reforçou Zollinger.

Segundo a Coordenadora do Centro, a Radioterapeuta Elisa Saito “este acelerador  linear mais completo e moderno da Electa  vai propiciar um tratamento de qualidade com menos efeito colaterais, com mais eficiência  e segurança para os pacientes e usuários do hospital, certamente um grande ganho para o Estado da Bahia ”, ressalta  a médica e radioterapeuta Elisa Saito.

O tratamento em geral da radioterapia dura cerca de 15 minutos, por algumas semanas, através de um banho de luz na região irradiada, são tratamentos consecutivos, em doses cumulativas e a nível  ambulatorial, que pode ser concomitante com uma quimioterapia ou complementar a cirurgia e ajuda  controlar melhor o tumor localmente.

Para o Físico Médico Wagner Paniago, “este equipamento está no patamar das melhores máquinas de radioterapia do mundo e possibilita realizar todos os tipos de tratamento de radioterapia disponíveis no momento, como a radioterapia hipofracionada, que reduz o tempo do tratamento consideravelmente, devolvendo ao paciente o seu convívio social mais rapidamente. Entre tantos outros benefícios como tratar, por exemplo, metástases hepáticas,  pequenos tumores de pulmão,  sem o paciente precisar fazer cirurgia”.

O evento contou com a participação  da diretoria da AMO, diretores  e superintendentes do Hospital da Bahia, gestores dos principais planos e operadoras de saúde do estado, gerentes, médicos do corpo clínico, parceiros, coordenadores e colaboradores da instituição.

Postagens Recentes